Início » Celorico de Basto ambiciona ter a maior coleção de camélias da Europa

Celorico de Basto ambiciona ter a maior coleção de camélias da Europa

por Beatriz Leite
Celorico de Basto ambiciona ter "a maior coleção de camélias da Europa" - presidente

O presidente da Câmara Municipal de Celorico de Basto apresentou, esta semana, a Festa Internacional das Camélias, evento que encontra grande protagonismo no concelho durante todo o mês de março. A ocasião foi aproveitada pelo autarca para dizer que o “município tem uma série de projetos em mãos e está a alinhar juntamente com a Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa a criação de um laboratório de camélias”. Propósito? Criar a “maior coleção de camélias da Europa”.

A ideia, explicou José Peixoto Lima, é aproveitar a Quinta do Prado, a Quinta de São Silvestre e outras áreas verdes da vila para plantar milhares de árvores daquela espécie de planta.

“Queremos que Celorico de Basto agarre com ímpeto a camélia também para a inspiração artística, que crie dinamismo e atratividade e que transforme este concelho num destino de eleição turística ao longo do ano”, acrescentou.

O presidente revelou ainda a Câmara está em avançado processo com o Centro de Ciência Viva para “desenvolver uma quinta de ciência viva de Camélias”. 

Quanto à Festa Internacional das Camélias, a programação completa será conhecida no início da próxima semana, mas, para já, sabe-se que o fim de semana principal acha-se entre os dias 17 e 19 de março.

Em conferência de imprensa, Peixoto Lima fez questão de frisar que o certame “não é uma festa elitista”, mas, sim, “uma festa do povo, de toda a comunidade e que conta com toda a comunidade para transformar Celorico de Basto num verdadeiro jardim de Camélias”.

Este ano, e uma vez que esta é uma festa realizada há 18 primaveras, a autaquia quer inovar. “É nosso objetivo manter a tradição e, ao mesmo tempo, inovar e aprimorar para acrescentar valor ao desenvolvido em anos anteriores”, revelou a vereador da Cultura.

Maria José Marinho deixou, porém a garantia de que o orçamento para 2023 não é maior por isso e que “o foco de ação será na implementação de medidas que fomentem a sustentabilidade, com a criação de ações e materiais que possam ser replicados”.

Também poderá gostar de

1 comentário

Rosa Maria 28/02/2023 - 15:17

Poderia informar se irá ter feira de vendas de camélias, pois tenho ido ver a exposição das camélias e a tenho comprado algumas. Este ano gostaria de fazer o mesmo. Se por acaso houver vendas gostaria de saber em que dia será. Obrigada e parabéns pelo o evento.

Responder

Escrever um comentário