Início » Câmara de Paredes aprovou Orçamento Municipal superior a 91 ME para 2024

Câmara de Paredes aprovou Orçamento Municipal superior a 91 ME para 2024

por Beatriz Leite
Câmara de Paredes aprovou Orçamento Municipal superior a 91 ME para 2024

A Câmara Municipal de Paredes já aprovou, em reunião do executivo municipal, o orçamento para 2024, no valor de 91.065.464 euros, segundo a autarquia. O documento foi aprovado com os votos contra do Partido Social Democrata (PSD).

A mesma fonte participa, em comunicado, que, do valor total, 56.802.499 euros são relativos a despesas correntes e 34.262.965 euros são investimentos.

Alexandre Almeida explicou, contudo, que “não está prevista a realização de novos financiamentos, o que significa que os novos investimentos a realizar serão quase na sua íntegra objeto de financiamento comunitário, seja no âmbito do PRR [Plano de Recuperação e Resiliência], seja no âmbito do novo quadro comunitário de apoio Portugal 2030”.

O autarca destacou os investimentos em novas habitações sociais e habitações a rendas acessíveis que estarão no terreno.

“As quatro novas creches lançadas pelas IPSS com o apoio municipal estarão concluídas e todos os ERPIS, centros de dia e apoio ao domicílio, lançados também pelas IPSS com o apoio da autarquia, estarão em construção”, frisou.

Numa nota enviada à redação, a autarquia releva ainda a isenção de IMT para jovens até aos 35 anos que comprem habitação próprio até 200 mil euros e garante que vai “manter a taxa mínima de IMI de 0,3%” e a isenção de derrama para as micro e pequenas empresas com faturação até 150 mil euros.

No domínio da educação, a promessa é de que “irão avançar os investimentos de reabilitação das Escolas Básica e Secundária de Vilela, da Escola Básica e Secundária da Sobreira, Escola Secundária Daniel Faria em Baltar e de Paredes”.

Insatisfeito com este orçamento está o PSD que afirma que a autarquia vai arrecadar mais impostos e reduzir os apoios sociais. O líder do partido fala num aumento de um milhão e meio de euros relativamente ao que é cobrado aos munícipes.

Também poderá gostar de

Escrever um comentário