Início » Caçadores de Rebordosa e Briteiros repetem vitórias no regional de petanca

Caçadores de Rebordosa e Briteiros repetem vitórias no regional de petanca

por admin
Caçadores de Rebordosa e Briteiros repetem vitórias no regional de petanca

O Parque Rio Ferreira de Rebordosa recebeu este sábado o 3º Torneio Regional do Clube da Petanca de Rebordosa, Paredes, integrado no calendário da Associação de Petanca da Zona Norte.

Sob a direção do árbitro, Nelson Gonçalves, a prova contou com a presença de 99 atletas, 5 dos quais femininos, que constituíram 33 equipas (4 mistas) de triplete em representação dos 9 clubes da APZN.

Nas 5 competições principais (campeonato) Nortenhas, 4 foram ganhas pelo trio do Clube Caçadores de Rebordosa, formado por Bruno Moreira, Paulo Bessa e Márcio Araújo. 

Na secundária (consolação) do passado fim de semana, Avelino Fernandes, Max Rodrigues e Bruno Hénisse, do Centro Recreativo e Cultural de Briteiros, obtiveram o 1º lugar.

Antes do regresso das provas oficiais da APZN, dia 15 de junho, com a realização do 4º Torneio Regional Clube de Petanca das Taipas, Guimarães, serão disputadas 2 competições abertas em Rebordosa, a 1ª no Clube Caçadores, a 8, e a outra no Clube da Petanca, no feriado do Dia de Portugal, para comemorar o 14º aniversário.

Classificações

Campeonato

1º – Bruno Moreira, Paulo Bessa e Márcio Araújo (Clube Caçadores de Rebordosa) 

2º – Faustino Santos, Nuno Pacheco e El Ghazi Abderrazzak (Clube da Petanca de Rebordosa)

3º – Albino Costa, Fernando Silva e Fábio Santos (Clube da Petanca de Rebordosa)

4º – Fernando Freitas, José Gonçalves e Orlando Monteiro (Clube de Petanca das Taipas)

Consolação

1º – Avelino Fernandes, Max Rodrigues e Bruno Hénisse (Centro Recreativo e Cultural de Briteiros)

2º – António Silva, Ricardo Silva e José Alves (Clube Amigos da Petanca)

3º – João Bessa, Manuel Ferreira e Gonçalo Bessa (Clube Caçadores de Rebordosa) 

4º – Fernando Antunes, José Mendes e António Cunha (Clube de Petanca das Taipas)

Também poderá gostar de

Escrever um comentário